Artroplastias do quadril

Imagem da notícia.

A artroplastia do quadril (prótese) é mais comumente indicada nos casos de coxartrose (´desgaste´ da cartilagem do quadril). A artrose do quadril (coxartrose) tende a tornar essa articulação dolorosa e com limitação de movimentos, indica-se esta cirurgia para restaurar o movimento e aliviar a dor, melhorando a qualidade de vida. Também podemos usar as próteses de quadril no tratamento de algumas fraturas do colo femoral.

Tornou-se uma área muito bem estabelecida e estudada há mais de 60 anos. Várias pesquisas foram desenvolvidas no sentido do avanço da qualidade dos materiais protéticos e técnicas operatórias promovendo um período de hospitalização curto e de recuperação acelerada. Sempre que possível, o paciente começa seu protocolo de reabilitação junto à equipe de fisioterapia já no dia seguinte à cirurgia, andando com auxílio de andador ou muletas.

Basicamente, uma prótese total clássica de quadril constitui-se de um componente femoral, um componente acetabular (na bacia) e uma cabeça esférica. Existem vários tipos diferentes de próteses em relação a tamanho, modelo, conceito, meio de fixação ao osso e superfícies de contato.

O tamanho e localização da incisão variam de acordo com as técnicas de cada cirurgião. A prótese total baseia-se em remoção da cabeça femoral afetada pela perda de cartilagem, preparo do acetábulo por fresagem e fixação do componente acetabular por pressão (press fit), ou cimentação, podendo-se usar parafusos para auxilio da fixação nos casos não cimentados. A seguir prepara-se o canal femoral por fresagem e também pode ser fixada por pressão ou cimentação. O “cimento ósseo” ou polimetilmetacrilato é um polímero acrílico de secagem rápida. É muito usado em cirurgias ortopédicas e na odontologia. Não tem qualquer relação com o cimento que conhecemos da construção civil.

As próteses também sofrem desgastes, por isso deve-se haver um bom planejamento pré-operatório para decidir o melhor momento para ser realizado a cirurgia e melhor escolha de implantes.

Dr. Angelo Rafael L. Lawrymiuk

Ortopedia e Traumatologia

Cirurgia do Quadril

CRM 28221/TEOT 14.036

Comentários