Homens suspeitos de atirar em adolescente de 14 anos são presos pela PM durante fuga

Suspeitos são presos pela Polícia Militar de Ivaiporã. Por: Antonello Nadal

Suspeitos são presos pela Polícia Militar de Ivaiporã

Fonte: Antonello Nadal

Uma adolescente de 14 anos foi baleada com 5 tiros na manhã desta sexta-feira, 29 de setembro, na Rua Cuba, esquina com a Avenida Castelo Branco, próximo à Sanepar, em Ivaiporã. A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e levada consciente para o Hospital Maternidade Ivaiporã.

Após a tentativa de homicídio, a Polícia Militar agiu rápido e abordou um veículo Fiat Tempra com placas de Campo Mourão, em Jardim Alegre. No carro, conduzido por Vilmar César Cavalheiro, 42 anos, a PM localizou uma arma calibre 38, que foi utilizada na ação criminosa, cuja autoria foi assumida por Pedro Guilherme de Castilho, 21 anos.

Arma calibre 38 utilizada no crime. Por: Antonello Nadal

Arma calibre 38 utilizada no crime

Fonte: Antonello Nadal

Os suspeitos foram presos logo a seguir ao crime pelas equipes da Polícia Militar de Ivaiporã, Lidianópolis e Jardim Alegre compostas pelos soldados Juliano, Mazon, Lucas, Erick, Alailson e Adriano.

Segundo o capitão da 6ª Companhia Independente de Polícia Militar de Ivaiporã, Élio Boing, no momento da tentativa de homicídio, a menina, que estava acompanhada pela mãe, foi confundida com outra adolescente e baleada por engano. “Ainda não sabemos a motivação, mas o rapaz que atirou confessou o crime e, segundo relatos da mãe, ele atirou pelas costas, achando que ela fosse outra pessoa. O rapaz que efetuou os disparos afirmou que foi contratado por R$ 3 mil para fazer o serviço”, comentou o capitão Boing.

De acordo com o capitão Boing, Pedro de Castilho tem passagens pela polícia por roubo, furto e tráfico de drogas.

O delegado da 54ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Ivaiporã, Gustavo Dante disse que os dois elementos foram interrogados e autuados em flagrante por tentativa de homicídio duplamente qualificado.

Gustavo Dante informou que a Polícia Civil está investigando o caso. “A Polícia Civil já nome do mandante do crime, mas ainda não vamos revelar para não atrapalhar as investigações. Possivelmente na semana que acredito que conseguiremos chegar ao mandante e a motivação do crime”, afirmou o delegado.

Conforme informações do Hospital e Maternidade Ivaiporã, está internada na UTI após passar por cirurgia, e apresenta quadro de saúde estável.

Fiat Tempra é apreendido no pátio da Polícia Militar. Por: Daniele Faria

Fiat Tempra é apreendido no pátio da Polícia Militar

Fonte: Daniele Faria

Comentários