Ariranha do Ivaí busca recursos nas esferas governamentais

Prefeito de Ariranha posa para foto ao lado do governador Beto Richa (ao centro)

Prefeito de Ariranha posa para foto ao lado do governador Beto Richa (ao centro)

O prefeito de Ariranha do Ivaí, Augusto Cicatto, tem se esforçado para conseguir recursos junto às esferas governamentais. Na semana passada, ele participou de um evento com a senadora Gleisi Hoffmann, que liberou recursos para os municípios da região central. Para Ariranha do Ivaí, ela destinou uma emenda no valor de R$ 300 mil, que deverá ser aplicada em obras de infraestrutura urbana no bairro rural de Alecrim. Segundo o prefeito, serão executadas obras de galerias pluviais, meio-fio e calçamento com pedras irregulares. O prefeito conta, ainda, para essa obra, com a liberação de manilhas por parte do Instituto de Águas Paraná, vinculado ao Governo do Estado, já que o município fez a solicitação de 600 manilhas; e as obras de meio fio devem ser realizadas com recursos próprios, para conseguir atender uma extensão maior com pedras irregulares. “Acredito que vamos iniciar a licitação ainda nesse ano e será a primeira obra de pavimentação em uma comunidade rural de Ariranha do Ivaí”, comentou o prefeito.

Ainda em Curitiba, Cicatto encontrou-se com o deputado estadual Stephanes Júnior; com o secretário de estado da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, Artagão Júnior; e com o chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, e conseguiu para o município de Ariranha do Ivaí a liberação de R$ 240 mil para aquisição de um ônibus para atendimento da saúde; R$ 50 mil para a compra de um veículo, que após autorização da Câmara, será doado para a Apae; e assinatura de um convênio na ordem de R$ 30 mil para a aquisição de kits de limpeza, composto por carrinho, lixeira e Equipamentos de Proteção Individual (EPI).

Realinhamento de preço da escola municipal

Cicatto também esteve na Paraná Cidade, onde protocolou o pedido de realinhamento de preço para a continuidade das obras de construção da Escola Municipal Demetrio Verenka. O valor apresentado pela empreiteira é de R$ 672 mil e os técnicos do Governo do Estado concordaram com a planilha apresentada. O prefeito de Ariranha do Ivaí ressalta, que vai trabalhar agora para que o Estado assuma integralmente esses valores, já que pela licitação, o município tem que colocar 30% de contrapartida, algo em torno de R$ 200 mil. “Todos sabemos que a situação das prefeituras não é boa e, embora, tenhamos nos preparado para esse período de crise, esse era um gasto que não estava previsto no planejamento financeiro e, por esse motivo, vamos pedir o apoio do Governo do Estado para cobrir integralmente esses custos”, frisou o prefeito.

Comentários