Cândido de Abreu entrega aterro sanitário

Barracão vai auxiliar no trabalho de coleta e separação do lixo

Barracão vai auxiliar no trabalho de coleta e separação do lixo

Contando com a presença do chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, e do secretário de Estado da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, Artagão Júnior, a Prefeitura de Cândido de Abreu inaugurou o aterro sanitário do município. O valor investido ultrapassou R$ 1,5 milhão e a obra contempla a construção de dois barracões com 450 m², escritório com refeitório, banheiro e vestiários, equipamentos para o trabalho de separação dos resíduos, como prensa, esteira, balanças, além de uma pá carregadeira e um caminhão coletor. O município ainda conseguiu a aquisição de um triturador de plástico, um triturador de vidros, um picador de galhos e construção de uma pista para compostagem.

Os investimentos foram realizados com recursos próprios e do Governo Federal, liberados através de emenda dos deputados federais Alex Canziani e Rosane Ferreira. O município ainda investiu na aquisição da área para construção do aterro, isolamento do local, construção das valas, entre outros investimentos.

O prefeito de Cândido de Abreu, José Maria Reis Júnior, destacou que essa é a primeira obra inaugurada em Cândido de Abreu e lembrou a burocracia para conseguir colocar esse aterro sanitário em funcionamento. “Todos os municípios foram intimados pelo Ministério Público para a construção do aterro sanitário e, graças à parceria que fizemos com os deputados federais, conseguimos os recursos para essa importante obra”, disse o prefeito.

Com o aterro sanitário, a prefeitura irá melhorar também a situação dos catadores de lixo, que agora têm uma estrutura mais adequada para o trabalho de separação dos materiais recicláveis. Reis Júnior lembrou que a separação do lixo nas residências será fundamental para aumentar a vida útil do aterro sanitário e, por isso, um trabalho de conscientização da população será realizado.

O chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, elogiou a estrutura do aterro sanitário de Cândido de Abreu e lembrou que poucas cidades têm condições de dar um tratamento adequado ao lixo como o município. Ele anunciou também a liberação de recursos para a aquisição de um caminhão coletor de lixo e de um kit para os varredores de rua.

Para o presidente da Associação dos Defensores da Natureza, Gilson Primo, que reúne os coletores de resíduos da cidade, o aterro sanitário será fundamental para a melhoria da qualidade de vida dos catadores. Atualmente, 8 pessoas fazem esse trabalho em Cândido de Abreu e o presidente da entidade admite que a situação é bem complicada. “Vindo pra cá, temos certeza que vamos mudar nossa vida e ter mais renda com a separação do lixo e, de certa forma, ajudar o nosso município e o nosso país”, finaliza.

Autoridades descerram placa inaugural do aterro sanitário

Autoridades descerram placa inaugural do aterro sanitário

Comentários