Lunardelli terá seminário sobre turismo e geração de renda

Francisco Izidoro e Alyne Chicoki divulgam seminário de turismo

Francisco Izidoro e Alyne Chicoki divulgam seminário de turismo

O município de Lunardelli, em parceria com o Sebrae, realiza nos dias 25 e 26 de setembro, o I Seminário de Turismo Religioso e Geração de Renda, no Santuário de Santa Rita de Cássia, em Lunardelli. O evento tem como objetivo despertar na comunidade a potencialidade do turismo religioso e para isso serão apresentados dois dos principais cases de sucesso atualmente no Brasil, que são as experiências de santuários de Santa Paulina (Nova Trento-SC) e Divino Pai Eterno (Trindade-GO).

O secretário de Turismo de Lunardelli, Francisco Aparecido Izidoro, comentou que o santuário de Madre Paulina tem menos de 20 anos e provocou uma transformação na região de Nova Trento. Já o Santuário do Divino Pai Eterno, em Trindade, recebe cerca de 2 milhões de pessoas todos os anos e tem uma estrutura para recepcionar esses turistas.

Izidoro destaca que ainda não existe um número oficial de turistas que visitam o santuário de Santa Rita de Cássia em Lunardelli, mas a estimativa é que cerca de 200 mil pessoas passem por Lunardelli todos os anos. A meta com o seminário e trabalho de organização que está ocorrendo no município é que aumente, não apenas a visitação, mas também o tempo de permanência dos turistas. “Queremos que eles deixem de ser apenas romeiros e passem a ser turistas e, com isso, aumente os gastos e gerem renda para o município”, disse o secretário de Turismo.

A consultora do Sebrae, Alyne Chicoki, destacou que o grande diferencial desses cases de sucesso é que por trás deles está o empreendedorismo, que atua junto com o turismo religioso. “Eles estão organizados de uma forma que as pessoas que estão no entorno dos santuários aumentem sua renda e desenvolvam o município”, ressalta.

Uma das estratégias que deve ser implementada em Lunardelli é a qualificação do comércio, que precisa estar preparado para atender bem as pessoas e, com isso, aumentar as oportunidades de negócio que são geradas através do turismo religioso. “Um dos pontos altos do seminário será o trabalho de elaboração de planos de negócios, que será coordenado pelo IFPR e pelo Senac”, comenta a consultora do Sebrae.

Comentários