Polícia de Pitanga prende quatro suspeitos de tráfico e mais de 1,3 quilo de maconha

Drogas, celulares e anotações foram apreendidos e entregues na 45ª Dp de Pitanga. Por: Divulgação

Drogas, celulares e anotações foram apreendidos e entregues na 45ª Dp de Pitanga

Fonte: Divulgação

O serviço de inteligência da 3ª Companhia do 16º Batalhão da Polícia Militar de Pitanga prendeu no domingo, dia 10 de setembro, quatro pessoas suspeitas de tráfico de drogas no município. Na residência dos detidos também foram encontradas várias porções de maconha, que totalizaram 1,329 quilo da droga.

Segundo o relato da Polícia Militar, há vários dias, o serviço reservado vem monitorando a residência de Adaltro Ribeiro de Camargo, que recentemente saiu do sistema prisional, utilizando tornozeleira eletrônica. No início da noite deste domingo, dia 10 de setembro, a equipe da Rotam da 3ª Cia observou duas pessoas suspeitas de tráfico de drogas entrando na residência de Adaltro Camargo. Um delas entrou no quintal da casa e outra esperou no carro. Nesse momento, a Polícia Militar fez a abordagem e conseguiu abordar Jason Schafer de Deus França e um adolescente de 17 anos, com uma porção de maconha que totalizou 918 gramas.

Os policiais militares solicitaram reforço do 16º Batalhão de Guarapuava e adentraram a residência de Adaltro Camargo, onde localizaram cerca de 21 gramas de maconha e R$ 463 em dinheiro. No celular do suspeito, também foram encontradas trocas de mensagem e áudios relacionados com a compra de entorpecente, além de um caderno com anotações de possíveis usuários e contatos de outros traficantes. A PM, inclusive, suspeita de uma possível ligação com integrantes do PCC (Primeiro Comando da Capital).

Na sequência, os policias foram até a residência de Dioner Oliveira e Reginaldo de Oliveira, que moram no Jardim Maravilha, onde foram encontradas mais 169 gramas de maconha. Todo o material apreendido foi encaminhado pelos policiais militares da 45ª Delegacia de Polícia Civil de Pitanga, para a abertura de inquérito policial.

Comentários