Projeto do abatedouro de aves será apresentado ao governador Beto Richa

O terreno para instalação do abatedouro de aves já foi adquirido pela Prefeitura de Ivaiporã

O terreno para instalação do abatedouro de aves já foi adquirido pela Prefeitura de Ivaiporã

O prefeito de Ivaiporã, Miguel Amaral, participa nessa quarta-feira, dia 6 de setembro, às 10h00, de uma reunião no gabinete do Governador Beto Richa, onde além do chefe do executivo estadual estará presente o chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni; o secretário especial de Estado dos Assuntos Estratégicos, Edgar Bueno; a secretária de estado da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa; o secretário de Estado da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos, Artagão Júnior.; o presidente do BRDE (Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul), Odacir Klein; o vice-presidente e diretor administrativo do BRDE, Orlando Pessuti; o presidente da Assembleia Legislativa, Ademar Traiano e o deputado Alexandre Curi, para conhecer o projeto completo do abatedouro de aves e fábrica de ração da Agro Industrial Vale do Ivaí S/A.

O projeto será apresentado pelo empresário Sidnei Bottazzari, proprietário da Jagua Frango e sócio majoritário da Agro Industrial Vale do Ivaí. O ex-prefeito de Ivaiporã, Luiz Carlos Gil, também estará presente na reunião.

Segundo o prefeito de Ivaiporã, o projeto está pronto e adequado às necessidades da empresa e da região. O objetivo é que a empresa obtenha o apoio do BRDE, com relação ao financiamento de recursos para as obras. “Esse será sem dúvida, o maior projeto industrial da história da região central do Paraná, que nunca viu um projeto tão ousado”, frisa Amaral.

O prefeito de Ivaiporã lembra que a implantação do projeto de avicultura na região central teve início na gestão do ex-prefeito Carlos Gil, quando Miguel Amaral era presidente da Associação Comercial Industrial e Serviços de Ivaiporã (Acisi). Ainda na gestão anterior, foram adquiridos os terrenos para a implantação da fábrica de ração e do abatedouro de aves. “Tenho certeza que o governador Beto Richa tem total interesse na concretização desse projeto, pois tem um impacto social muito grande, com a redução do desemprego, melhoria das questões sociais das famílias da região e aumento no IDH (Índice de Desenvolvimento Humano)”, destaca o prefeito.

Amaral ressalta ainda que esse projeto é a redenção da região central, já tem menos de 70 anos de colonização e por isso seu desenvolvimento está mais lento em relação a outras regiões do Paraná.

Comentários