Vitamina D

Imagem da notícia.

Para que haja um bom e eficiente funcionamento das estruturas e sistemas, o nosso organismo exige perfeito equilíbrio das substâncias que o compõe, o aumento ou diminuição pode causar danos de leve a grave, dependendo da estrutura afetada.

Uma vitamina essencial para manutenção de dois dos principais tecidos do nosso organismo, o ósseo e imunológico, é a vitamina D, que recebe essa classificação porque foi a quarta vitamina descoberta, após as vitaminas A, B e c. Sua ausência pode trazer sérias complicações ao quadro de saúde. Caracteriza-se como um hormônio esteroide, sendo de um grupo de compostos solúveis em gordura, tendo como principal fonte de secreção, a exposição à luz solar, respeitando horários e tempo de exposição, podendo ser produzida em laboratório, que permite a suplementação quando sua concentração sérica está deficiente. Está presente também em alimentos como peixes.

A manutenção de níveis ideais da vitamina D no nosso organismo, que pode ser dosada a partir de uma amostra de sangue, é de fundamental importância, tendo em vista a relevância do sistema imunológico e ósseo para a boa qualidade de vida. Seu consumo deve ser um hábito a ser adquirido. Durante o período gestacional, a vitamina D também deve ser dosada, considerando os riscos inerentes à deficiência dela para a manutenção da gestação.

Imagem da notícia.

Dr. Francisco Clínica de Diagnóstico

(42) 3646-5712

Comentários