Polícia Civil investiga crime envolvendo gerente da Pedreira da Comercial Ivaiporã

Polícia Civil acredita que gerente da pedreira tenha sido vítima de latrocínio

Polícia Civil acredita que gerente da pedreira tenha sido vítima de latrocínio

Foi identificado como Donizete Aparecido Guidi, 52 anos, o homem morto com disparo de arma de fogo no tórax, na noite de quarta-feira, 17 de maio, na Pedreira da Comercial Ivaiporã, localizada no bairro do Sabugueiro. Guidi era gerente da pedreira, e as primeiras informações são de que funcionários chegaram para o trabalho na manhã desta quinta-feira, dia 18, e encontraram o homem morto.

De acordo com o delegado Gustavo Dante, a Polícia Civil acredita que Donizete Guidi tenha sido vítima de latrocínio (roubo seguido de morte). “Apuramos que foi levada uma quantia em dinheiro do escritório que estava todo revirado. O corpo dele foi localizado entre a casa e o escritório”, descreveu o delegado.

Movimentação em frente à pedreira nesta manhã

Movimentação em frente à pedreira nesta manhã

O homem trabalhou por mais de 30 anos como caseiro da empresa, e morava com a esposa, que estava viajando.

Imagem da notícia.

Comentários